Tendências no Varejo

Por Soeli de Oliveira

 

A tecnologia vem mudando e vai mudar ainda mais o comportamento do varejo.

 

Os clientes freqüentemente estão mais bem informados que os vendedores.

 

 A grande quantidade de informações disponíveis on-line, distante apenas de um click de mouse, vem modificando a maneira de se adquirir produtos e serviços.

 

Segundo os modernos gurus do marketing existem seis marcantes tendências no varejo:

 

1)      Conveniência

2)      Customização

3)      Indulgência

4)      Inovação

5)      Varejo Sensorial

6)      Foco Obsessivo nos Clientes

 

Conveniência

 

A regra agora é pensar na conveniência dos clientes, não da empresa.

 

Clientes com pouco tempo buscam facilidades, por isso, comprar em sua loja deve ser algo: fácil, rápido, simples, prazeroso, interativo e personalizado.

 

As vendas via internet são mais uma conveniência. Não seja o último a disponibilizar esse canal de acesso. Mais do que um canal de vendas um site é uma excelente ferramenta para divulgação e demonstração de produtos, além de facilitar relacionamentos.

 

Customização

 

Com a massificação da produção e distribuição em alta escala, as pessoas querem se sentir diferentes e únicas.

 

Indulgência

 

Na corrida para ter mais, as pessoas com freqüência trabalham e estudam até a exaustão, se privando muitas vezes do lazer e do convívio familiar. Neste contexto, estão dispostas a pagar mais por produtos e serviços que ofereçam algum tipo de recompensa emocional, que sem dúvida é uma alavanca para o crescimento do mercado de luxo.

 

Inovação

 

As pessoas estão atrás de novidades e consomem constantemente itens que já possuem.

 

A realidade de hoje é mudanças, mudanças e mudanças. As empresas precisam aprender a conviver com elas e também a se reinventar e a se recriar, se não perderão espaço para os mais adaptáveis.

 

Varejo Sensorial

 

A experiência de compra tem que ser marcante.

A preocupação agora é entender as necessidades e anseios dos clientes antes e melhor do que os concorrentes, para proporcionar-lhes uma melhor experiência de compra antes que a concorrência o faça.

 

Diante do fato de que o varejo está se tornando cada vez mais sensorial, como aumentar as vendas, a produtividade e a lucratividade?

 

Os produtos devem ser expostos ao alcance dos clientes, dentro de condições que eles possam manuseá-los, buscando-se envolver todos os sentidos: visão, audição, tato, olfato e paladar no processo de compra.

 

Foco Obsessivo nos Clientes


A alta gerência deve orientar a equipe a colocar-se a serviço dos consumidores.

 

Os consumidores na maioria das vezes sabem o que precisam, mas diante de tantas opções não sabem o que melhor satisfaz as suas necessidades, e para isso, precisam da ajuda de competentes consultores.

 

E você caro empresário, diante destas novas tendências, já despertou para a necessidade das mudanças?

 

Soeli de Oliveira é Consultora e Palestrante do Instituto Tecnológico de Negócio nas Áreas de Varejo, Vendas, Motivação e Atendimento. www.itnconsultoria.com.br  E-mail: soeli@sinos.net - Novo Hamburgo - RS.