Como Fidelizar Clientes?

 

Por Soeli de Oliveira

 

Por que esta pergunta é facil de fazer, mas difícil de responder?

 

A razão está na dificuldade para responder outras perguntas. O que é mais importante no processo de fidelização de clientes: o produto?  Os serviços? A comunicação?  O relacionamento?

 

O básico esperado são os produtos e serviços de qualidade. Essa é a condição para ser lembrado e ter chance para participar da mesa de negociações.

 

A comunicação é quase sempre a primeira a ser cortada quando não se têm ou faltam recursos. É um dos pontos-chave para o sucesso dos negócios, pois como o mercado vai saber que existimos? Quão bons somos e quais os nossos diferenciais?

 

Como os produtos, marcas e até os pontos de venda ficam a cada dia mais parecidos, as vantagens competitivas, principalmente no varejo, são criadas através dos serviços agregados e pela experiência de compra. Aí reside a causa dos sonhos desfeitos de tantos empreendedores. Hoje não basta abrir uma porta em uma avenida movimentada, encher uma sala de mercadorias e contratar atendentes com a menor expectativa salarial. Produtos estão em toda parte e estão super ofertados, hoje os clientes valorizam a experiência da compra.

 

Quando se fala em produtos, serviços, comunicação e relacionamento, logo se tem uma idéia formada do que cada um significa.  

 

Produto é o que vendemos.

 

Comunicação pode ser definida como a forma que utilizamos para chamar a atenção dos potenciais clientes para o nosso negócio.

 

Relacionamento é a maneira como tratamos os clientes.

 

Mas, e os serviços?

 

Serviços abrangem cinco pontos muito importantes:

 

1. Design. É a cara do negócio. O formato, as cores, a logomarca, o visual da loja em todos os seus detalhes, que incluem a fachada, vitrines, layout, limpeza, organização, e mais a iluminação.

 

2. Atendimento. É reconhecer que os clientes são a razão de ser de nosso negócio. É recebê-los com todo carinho e atenção que merecem.

 

3. Conveniência. É tornar fácil para os clientes.  Tudo que diminui o esforço e o tempo sempre é bem-vindo. Localização, agilidade, ambiente climatizado, estacionamento, tele-entrega, instalação...

 

4. Emoções. É proporcionar clima contagiante de alegria, música e sensações olfativas, gerar condições para que as pessoas se divirtam.  Pesquisas sérias já demonstraram que pessoas mais emocionais, que riem e choram com mais freqüência tem mais amigos e facilidade para conquistar clientes.

 

5. Consultoria. “Vende-dor”está fora de moda. Agora é a hora e a vez dos consultores em vendas. Isso significa descobrir e apresentar as melhores soluções para os problemas dos clientes. Também é ter condição de educar, orientando sobre os seus produtos, a maneira de usá-los e conservá-los melhor, e até mesmo sobre a sua origem, composição e processo de fabricação.

 

O vendedor é a “empresa”. É com ele que o cliente se relaciona. Ele é o principal responsável por causar a maior e melhor experiência de compra que o cliente pode ter. Logo, é o principal responsável pela fidelização dos clientes.

 

Reflita: Seus vendedores fazem os clientes voltarem?

 

Soeli de Oliveira é Consultora e Palestrante do Instituto Tecnológico de Negócios, nas áreas de Varejo,Vendas, Motivação e Atendimento. www.itnconsultoria.com.br - E-mail: soeli@sinos.net - Novo Hamburgo - RS.