Como Escolher a Sua Equipe

 

Por Soeli de Oliveira

 

Foco nas competências é o alvo para poder se construir uma cadeia de valores entre a empresa e os seus clientes. As constantes mudanças mercadológicas impõem às empresas a necessidade de utilizarem critérios técnicos de seleção, para poderem atender de forma satisfatória às demandas do mercado. O conhecimento se consolidou como a principal fonte geradora de riquezas e o trabalho em equipe e a administração de forma participativa não só é desejável, mas necessária para o crescimento, e até mesmo para a sobrevivência das organizações.

 

Junto à evolução da qualidade de vida dos povos cresce paralelamente a importância da área de serviços; e serviço é gente servindo gente. Aí, precisamente, reside a importância dos talentos humanos, como a maior vantagem competitiva dos negócios. Com essas constatações há importância de se saber escolher a equipe com critérios mais técnicos, a partir das necessidades das funções a serem executadas.

 

O recrutamento de colaboradores pode ser realizado em ambiente interno ou externo à empresa. O recrutamento interno se dá no seio da organização mediante ao aproveitamento dos próprios colaboradores, fazendo-se transferências ou promoções. Já o recrutamento externo é realizado por meio de anúncios em jornais, quadros de aviso, indicações de colaboradores, instituições religiosas, associações de bairro, agências de emprego, intercâmbio com outras empresas, internet, etc.  

 

Mas, afinal, o que é recrutamento? Recrutamento é a aplicação de um conjunto de técnicas que visa atrair candidatos potencialmente capacitados, que atendam aos requisitos básicos para o desempenho de uma determinada função.

 

O que se deve considerar na escolha de um candidato?  Na formação de uma equipe de alta performance, deve-se levar em conta as características pessoais a serem identificadas nos candidatos, representadas pelo conjunto de conhecimentos técnicos adquiridos através da experiência profissional, estágio ou formação acadêmica, e pelas características comportamentais, que são as habilidades de comportamento e relacionamento desejáveis.

 

A maior ou menor facilidade para se realizar o recrutamento junto à comunidade depende de diversos fatores, entre eles, dos recursos humanos da comunidade, da situação do mercado de trabalho, da imagem da empresa na comunidade e das políticas de pessoal adotadas pela empresa.

 

Após o recrutamento, entra-se na fase de seleção dos candidatos. Para a realização desta etapa, deve-se ter critérios e procedimentos bem definidos, objetivando escolher entre os candidatos recrutados, aqueles que melhor atendam ao perfil solicitado para a vaga. Esta fase é desenvolvida utilizando-se diferentes técnicas, a começar pelo processo de triagem, normalmente constituído pela análise dos currículos ou pelas fichas de inscrição, seguido pela entrevista por telefone e, em caso positivo, a entrevista pessoal.

 

Em relação à entrevista presencial, deve-se ter muito cuidado com a escolha do local onde será realizada, para evitar interferências e interrupções. Recomenda-se começar o diálogo dando as boas vindas ao aspirante à vaga, procurando ter em mãos o currículo ou ficha de inscrição do interessado, e tão logo possível, deve-se orientá-lo quanto ao processo seletivo.

 

Soeli de Oliveira é consultora e palestrante nas áreas de marketing, varejo, atendimento e motivação do Instituto Tecnológico de Negócios. www.itnconsultoria.com.br - E-mail: soeli@sinos.net – Novo Hamburgo – RS.